25.7.10

IGREJA S. LOURENÇO “uma obra de arte total.”


A Igreja de São Lourenço de Almancil preparada para o casal simpático comemorar as bodas de ouro. Recordo aqui também os meus Pais, Família e amigos. Gasta-se apenas alguns minutos para realizar um casamento, mas espera-se meio século para realizar um casamento de ouro. Há 50 anos vocês uniram-se pelos laços matrimoniais e durante todo este longo tempo compartilharam juntos, alegrias, tristezas, tanta coisa!
Amar e viver com seu cônjuge exige determinação e prática diária... Exige a entrega de si mesmo ao bem-estar do outro... 
Bem, agora vocês estão prontos para começar outros cinquenta anos. E quero estar aqui para poder de novo desejar-vos a maior felicidade do mundo! 
SAÚDE, AMOR, DINHEIRO E TEMPO PARA GASTA-LO
Parabéns!

The Church of San Lorenzo de Almancil prepared for the nice couple celebrate golden wedding anniversary. I recall here also the My Parents, Family and Friends. It takes only minutes to perform a marriage, but is expected to hold a half-century marriage gold. For 50 years you have joined the noose and throughout this long time they shared together, joys, sorrows, so much!
To love and live with your spouse requires determination and daily practice ... Demands the surrender of oneself to the welfare of others ... Well, now you are ready to begin another fifty years. And I want to be able to be here again to wish you greatest happiness of the world!
HEALTH, LOVE, MONEY AND TIME to spend it
Congratulations!
Todo o espaço interior está revestido de azulejos figurativos, que narram a biografia do mártir São Lourenço, e de talha dourada. Os oito painéis da nave representam cenas da vida de São Lourenço, sendo que os pilares exibem um conjunto de alegorias às Virtudes - Liberdade, Pobreza, Castidade, Obediência, Piedade, Paciência, Temor a Deus, Entendimento, Humildade, Preserverança, Justiça e Verdade, as duas últimas de dimensões superiores.

Edificada na primeira metade do século XVIII. Tem uma só nave com planta longitudinal e capela-mor coberta por uma cúpula. É de realçar o retábulo em talha nacional e o revestimento de azulejos setecentistas com cenas da vida de São Lourenço, que constitui um dos mais importantes conjuntos azulejares do país. 
Cena da coroação de S. Lourenço, tema do painel central da abóbada da nave, uma técnica bem característica de Policarpo em que as "sombras e marcas mais carregadas de azul são obtidas através do cruzamento perceptível de pinceladas distintas" (José Meco).
“Não há um milímetro de superfície desta igreja que esteja vazio. Lá conjugam-se diferentes modalidades artísticas, criando um efeito que envolve emocionalmente o visitante, de tão avassalador”.Dentro do santuário é possível admirar uma narrativa com vários passos da vida de S. Lourenço, disponível sobre azulejos figurativos azuis e brancos na abóbada e na cúpula.
 “É um santo da igreja católica que era diácono. Distribuía as esmolas que recebia pelos pobres até que foi apanhado pelos romanos, que o obrigaram a confessar o que fazia”Indignado, o imperador mandou que fosse preso e queimado vivo sobre um braseiro ardente, por cima de uma grelha. “Foi, literalmente, grelhado vivo.”