25.11.11

Sementes que jogam, jogos Tradicionais

Ourí, um jogo Mancala- Cabo Verde
Os jogos são praticados sobre superfícies preparadas no chão ou em tabuleiros de madeira, cerâmica,bronze ou mesmo em ouro de acordo, com a sua finalidade e o país.
Geralmente as peças usadas são sementes verdes acinzentadas dos arbustos caesalpina bonduc e caesalpina major (conhecidos em Cabo verde por Ourinzeira ou Silvão de Oril) ou outros materiais, como por exemplo, conchas, bola de marfim feijões, avelãs e grãos de café, normalmente em perfeita harmonia com a natureza, o valor do tabuleiro e as condições locais.
     Tabuleiro tradicional de Ouri
Greve geral: Portugal pára contra austeridade, estes meus amigos aproveitam para jogar nesta tarde de Outono ensolarada.
Aqui não a sorte  envolvida,  mas exclusivamente raciocínio lógico.
No Ourí, em todas as suas versões são movidas diversas peças de cada vez, modificando constantemente a configuração do tabuleiro.
Peça fundamental para o crescimento humano, o jogo tradicional.
O Ourí visa despertar o interesse e mobilizar a actividade do aluno na Matemática. Este jogo, alia raciocínio, estratégia e reflexão, com desafio e competição de uma forma lúdica.  A  sua prática contribui para o desenvolvimento da capacidade de formalização de estratégias, memorização e para o desenvolvimento pessoal e social.
     Movimentos
Um galo muito especial: Tem sério problema no relógio biológico, porque canta a qualquer hora do dia ou da noite, só cala o bico quando se joga no momento certo e torna-se, por isso mesmo, precioso auxiliar do proprietário.
Se o canto do galo é uma paixão, o jogo da-lhes igual prazer.
Este galo assiste sempre atento à jogada que o Sr. António faz, quando se senta  na cadeira do quintal, a ponto de este dizer com frequência «Não sei o que dá no galo que quando estou a jogar nunca canta». Põe-se depois no poleiro, horas a fio, com o olho esquerdo muito aberto virado para o jogo, tentando a custo decifrar as jogadas.