1.11.13

Efeitos do Outono. Jardins de vento e folhas.

 Efeitos do Outono. Jardins de vento e folhas.
Fazer vinho é conservar uma velha tradição, enraizada nas famílias.
Estamos no Outono, e a nova estação traz-nos cheiros, cores e sabores muito próprios da sua época, como por exemplo, o Dióspiro , eleito o meu fruto preferido do mês de Outubro, o qual quis conhecer melhor. É a minha cápsula natural de vitaminas.
É um pudim natural vindo do céu sem ovos e sem açucares refinados.

Está na hora de calçar as botas, carregar a câmara fotográfica, descobrindo porque é que o meu tempo é uma notícia para quem gosta de fotografar e de estar ao ar livre.
"Verde foi o meu nascimento,
e de luto me vesti,
para dar luz ao mundo
mil tormentos padeci."
   Esta tarde, sentado à sombra, britei azeitonas. Esmagam-se quando estão um pouco verdes. De seguida, são colocadas num garrafão com água e um pouco de sal, que deve ser substituída diariamente, durante 9 ou 10 dias. Faz-se a salmoura de conserva testando com um ovo fresco como indicador de salinidade. Condimentos necessários para a salmoura: alho, louro, oregãos, tomilhos e nêveda.
Outono ameno ajuda a uma maturação perfeita e a viagem pelo jardim dos citrinos. Refrescantes, vitamínicos e protectores, os citrinos são os melhores aliados da alimentação, em particular no Inverno e nas mudanças de estação, quando ficamos mais vulneráveis ao ataque dos vírus respiratórios.
     A Sinfonia de Citrinos, dá-nos a perceber que este mundo não é feito apenas de cores e formas, mas também de cheiros e sabores. 
Ó Lua! O que vejo de ti à minha janela, ajuda a encurtar a distância que nos separa, quando sinto que estás aqui bem próxima e te posso olhar. Ser teu amigo faz-me apetecer viver mais intensamente, e amar mais e mais. Neste Outono todas as raras flores são para ti. Tens um minuto para pensar, um segundo, o que eu mais quero é fazer-te feliz. Queres namorar comigo?
    Aceita aquele beijo que te faz sentir bem.
Cabelos soltos que se deixam ir no vento. Cabelos ao vento inspiram liberdade, aventura, descontracção e juventude. 
   Leva a vida de forma mais leve. Deixa a vida despentear-te! O pior que pode acontecer é precisares de te pentear de novo…
   Gosto do cabelo comprido, solto, indomado, entregue aos caprichos do vento. Gosto de mulheres bonitas, com cabelos escuros ligeiramente encaracolados, que me fazem suspirar, antevendo o instante em que os meus dedos possam enfim afundar-se neles, devagar, e demorar-se em lentas e longas carícias de uma intimidade por descobrir.
O amor acontece quando ouves o mais doce canto do vento;
O amor acontece quando se recebem doses dessas;
O amor acontece no adeus colorido dos corredores;
O amor acontece em doze dias de luta;
O amor acontece quando não se deixa derrotar.
  O amor é, na realidade, a força mais importante que contribui para o bem estar.
   Muitos beijos pela vitoria! Saúde! Saúde! 
   Palavras de conforto. 
Vou de férias seguindo a rota perpendicular traçada pelo satélite Lua.

25 comentários:

RECOMENZAR disse...

Me maravilla siempre el arte de tu blog

Maria Rodrigues disse...

Belissimas fotos, um blog encantador e de qualidade, meus parabéns.
Um abraço
Maria

Fernando Santos (Chana) disse...

Meu caro; excelentes fotografias....
Um abraço

Miguel Azarati disse...

Olá, amigo Manuel Luis
Por motivos de força maior (um trabalho extra que está ocupando muito do meu tempo, e já quase me fez arrepender de o ter aceite), não me tem permitido andar pela blogosfera. Mas a Nina falou-me neste teu novo post, e abri uma excepção, vindo vê-lo.

Não vou referir a qualidade das tuas fotos, que é sempre óptima (em todos os aspectos, incluindo o ângulo de que são tiradas), porque já o fiz vezes bastantes – daqui para a frente não vou tocar neste ponto.

O texto, aliás, os textos… são excepcionalmente bons.
Fazer vinho… britar azeitonas e torná-las comestíveis … - ensinamentos óptimos que partilhas com quem te visita.
O dióspiro não é das minhas frutas preferidas, mas quem gostar deve comer até se lambuzar  já que é uma rica fonte de vitaminas, especialmente “C”, indispensável nesta época do ano, principalmente.

Achei muito interessante essa declaração de amor à Lua.
Mas… tens a certeza de que é MESMO à lua que te estás a dirigir?
Eu não perguntei nada!!! Não sou indiscreto…

Para terminar este já tão longo comentário (é para compensar todos aqueles que não faço…) quero dizer-te que concordo inteiramente com as tuas observações acerca de “O amor acontece”. E deixa-me acrescentar:
- O Amor acontece quando menos se espera. E é MUITO mais forte quando demorámos MUITO tempo a encontrar a pessoa amada!

Que as tuas férias sejam retemperadoras, que no regresso não percas "a rota perpendicular traçada pelo satélite Lua", e voltes com ideias fantásticas como as deste post.

Um abraço do amigo
Miguel

Miguel Azarati disse...

Fiz um intervalo no trabalho (estava a precisar) e voltei porque fiquei intrigado com uma palavra que desconhecia, e quando isso acontece tenho que procurar saber.
E assim descobri que NÊVEDA é uma planta silvestre que pertence à família das urtigas e das hortelãs; tem poderes curativos para a febre, bronquite, problemas de estômago e muitos outros, que não vou aqui enumerar.

Tem uma acção sedativa devido às suas propriedades calmantes.
Fumá-la ou bebê-la como chá forte, dá uma sensação calmante e estimula a imaginação; tomado antes de deitar (à noite), ajuda a dormir :)
Na Ásia é usada para acalmar tigres e leões em cativeiro, devido ao seu efeito relaxante.

Li, até, um comentário de uma professora, dizendo:

"Eu uso a nêveda para a rouquidão. Dou aulas e às vezes fico quase afónica; um chá de nêveda faz milagres."

Estás a ver a quantidade de informação que colhi só por te vir visitar??? :)))

Outro abraço, amigo.
Miguel

PS - Desculpa roubar-te tanto tempo.

São disse...

As fotos são lindas, as cores outonais também, mas nem isso faz do Outono a minha estação preferida...

Bom serão

nelma ladeira disse...

Boa noite,lindíssima fotos! Adorei beijinhos.

SOL da Esteva disse...

Manuel Luis, meu Amigo

A Poesia, também se faz pela imagem.
Fotos lindas e deliciosas.
Parabéns.


Abraços


SOL

Kalinka disse...

Boa tarde
MANUEL

AMEI
que maravilha de imagens
que belo colorido!

O Universo é feito essencialmente de coisa nenhuma...
(escreveu António Gedeão)
não é que às vezes concordo com isso?
...
é tudo tão efémero
nós é que não nos apercebemos!
...
cada dia mais que passa
as pessoas estão vazias
distantes

Gostei da partilha.
Obrigada

AGORA...só uma perguntinha:
essa declaração de amor à Lua.
… tens a certeza de que é MESMO à lua que te estás a dirigir?
Huuummmmmmm...

um beijinho
(Tulipa) ou kalinka

Maria Rodrigues disse...

Passando para desejar um bom restinho de domingo.
Beijinhos
Maria

Maré Viva disse...

Uhmmmm que post delicioso, as frutas, as folhas secas, mas ainda quentes, do outono, as azeitonas à espera na salmoura...o céu azul pintado com farrapos brancos, leves...muito leves,a lua a convidar ao romance e as dissertações sobre o amor, sempre o amor, que à vezes não passa de um sonho. mas é o sonho que comanda a vida!
"O amor acontece quando não se deixa derrotar."
Amanhã é sempre outro dia.
Um abraço.

Rosa Brava disse...

Um post cheio de VIDA!
Obrigada!

Mariazita Azevedo disse...

Ontem o Miguel perguntou-me se eu já tinha vindo aqui, comentar o último post.
Respondi, com toda a franqueza (habitual em mim):
- Não me lembro! Mas tenho a impressão que sim...
Resolvi agora vir verificar e vejo que, afinal, estava em falta.
Quando há muito em que pensar... algumas coisas ficam para trás.

Presenteias-nos com fotos excelentes (o que já é habitual)
e texto bastante esclarecedor.
Boa postagem. Parabéns!
Bj

Gisele Claudya disse...

Bem vindo de volta, menino.
Como foram as férias?

Beijosssssssss

António Manuel - Tómanel disse...

Interessante e definido no tempo e acompanhado de poesia fotográfica.

grace disse...

Simplesmente ... Uauuuu :)

Lindo !!!

Bjssss

© Piedade Araújo Sol disse...

excelentes fotos!
gostei de todas, mas a primeira deste post está fabulosa.
parabéns!

:)

Fê blue bird disse...

Fotos excepcionais, descrições absolutamente apropriadas e um leve toque de ousadia que adoça qualquer coração :)

beijinho

Lucineide Brito disse...

Lindo teu blog,sou amante da fotografia,ja vim ca outras vezes.Como disse meu amigo SOL DA ESTEVA,a poesia se faz tb atraves de fotos,e eu acredito.Que continue com este Blo lindo e maravilhoso,nos ofertando com tao belas imagens.Bjs.

elena nuez disse...

siempre encuentro inspiración aquí, muchas gracias y aprovecho para desearte una Feliz Navidad!!!
Un abrazo,

Elena

MARILENE disse...

imagens lindas! Cores, sabores, luz e poesia se encontram em sua postagem, emoldurando as fotos. Abraço.

Vieira Calado disse...

Olá, boa noite!
Cá recebi o abraço que me trouxe
a Mariazita. Daqui o retribuo.
Tenha um excelente Novo Ano de 2014!

Maré Viva disse...

Obrigada, Manuel Luís, pela presença, pelo carinho.
A minha saúde física está boa, felizmente...e quando vejo fotos tão belas, até a outra melhora!
Obrigada, mais uma vez.
Um abraço.

Silenciosamente ouvindo... disse...

Sempre um grande gosto estar
aqui no seu blogue. Há sempre
maravilhosas fotos.
Desejo que esteja bem.
Bj.
Irene Alves

Janicce disse...

Olá lindo poema e belas imagens.
Boa entrada de semana.
janicce