Seguidores

20.6.11

Cegonha-branca

Em Portugal,a Cegonha-branca é uma ave com uma presença fortemente enraizada na nossa cultura, sendo um elemento característico da paisagem em muitas regiões do País e uma espécie normalmente admirada e respeitada pela grande maioria da população.
Apresento uma selecção de fotos da natureza, que são fruto de muitos dias de trabalho, com a sensibilidade de observação da natureza.
Graças aos avanços tecnológicos das câmaras digitais para capturar imagens, foi possível arranjar estes conteúdos de pouca qualidade porque contento-me com pouco, juntei uma boa dose de boa vontade de modo a agradar a todos.
Mais comum no Sul do país do que no Norte e Centro, a Cegonha - branca é presença constante nas searas e pousios alentejanos e nos arrozais que subsistem em Portugal, tendo-se assistido nos últimos anos a um aumento acentuado do número de efectivos que ocorrem no nosso país, ao longo de todo o ano.
Esta recuperação deve-se provavelmente ao efeito conjugado de diversos de factores. Por um lado, o fim de um período de seca de várias décadas nas suas áreas de invernada africanas e à proliferação de uma espécie exótica invasora, o Lagostim -vermelho da Louisiana , que na Península Ibérica, passou a constituir a base da sua dieta em várias regiões. Este crustáceo, permitiu que muitas centenas de cegonhas - brancas passassem a residir em Portugal, evitando a mortalidade associada à migração e invernada na África sub - sariana. Por outro lado, aos esforços de conservação dirigidos à espécie nas duas últimas décadas, designadamente a sua estrita protecção, à sensibilidade ambiental do público em geral relativamente a esta espécie e ao esforço coordenado do ICNB, dos agentes sociais e económicos (com destaque para as companhias de distribuição e transporte de electricidade, EDP e REN) e das organizações não-governamentais de ambiente.
Devido, em grande medida, à popularidade de que esta espécie goza em grande parte da sua distribuição mundial, a Cegonha - branca foi uma das primeiras espécies da avifauna alvo de recenseamentos coordenados internacionalmente.
Instituto da Conservação da Natureza e da Biodiversidade
 Entre os dias 23 e 24, esta família de cegonhas abandona o ninho. Aproveito para me despedir também por uns dias, vou de férias cá dentro. Prometo voltar.

3 comentários:

mfc disse...

Não tenho palavras!
Fantásticas...!

ANTÓNIO SANTOS (TOMANEL) disse...

As cegonhas são mesmo aves muito bonitas. Também conheço este casal. Mora na torre da Igreja junto ao cemitério de Faro.
Um abraço amigo.

Alda Couto (Maria Catunto) disse...

Suas fotos e textos sao espectaculares...parabéns!!