13.10.11

CORES DO OUTONO

Os dias tornam-se mais curtos e as noites mais frescas. Este Ano, as temperaturas estão muito acima do normal. Pigmentos ocultos de amarelos, vermelhos e outros matizes. Espectáculo de cor, a estação do descanso, as árvores exibem ramos nus que deveriam estar salpicados de alguma chuva.
Esta é uma das maravilhas naturais do mundo, com um pôr-do-sol imperdoável sobre o barrocal Algarvio.
Existem vários locais a partir dos quais podemos optar por desfrutar das sombras de vermelho que iluminam o céu ao pôr-do-sol. E não há nada como passear num bicicleta ao longo do barrocal à medida que o sol se põe.
O sol afunda-se lentamente por trás das árvores.
O pôr-do-sol está lá para ser apreciado.
Nem precisa de ir de férias para desfrutar de um pôr-do-sol. Ao final da tarde, seja na praia, no cimo de uma montanha, na estrada ou da varanda de sua casa conseguirá apreciar o sol a pôr-se, as cores em tons alaranjados a desenharem-se no céu... Mas se planeia tirar uns dias de descanso neste Outono, há alguns pores-do-sol que sobem à categoria de melhores do mundo. É mesmo imperdoável.
Estas musas do mundo animal sempre inspiraram no homem os melhores contos de fadas de que há memória. A leveza com que pairam na nossa frente e a delicadeza com que poisam em flores e pequenos galhos, traduz a materialização de um sonho antigo e, em certo sentido, a encarnação da pureza e inocência naturais.
Às libelinhas… Vejo-as como pequenos seres de luz, embora compreenda que o seu papel neste nosso planeta azul está muito longe desta visão romântica.
(1)Todos os anos milhares de milhões de borboleta, libelinhas, mariposas e outros insectos migram através dos continentes. Conseguem voar a 5 metros por segundo.
Uma libélula possui reservas de gordura em torno de 300 miligramas, que lhe permite voar cerca de 8.3 horas, o que daria cerca de 150 km. As libélulas optam contudo por não gastarem demasiado, voam durante períodos curtos e mantêm sempre alguma gordura no corpo. Mesmo assim, um avanço desta ordem significa que estes animais fazem cerca de 700 km durante os dois meses que dura a estação migratória nestas libélulas.
(1) Artigo de Martin Wikelski e colegas na revista Biology Letters.
(1) Os insectos ganharam os ares muito provavelmente há mais de 400 milhões de anos, muito antes das aves. Confrontados com um problema semelhante, as aves e os insectos migradores evoluiram de forma independente para uma solução muito parecida. Há, no entanto, uma diferença entre aves e libélulas migradoras. Os insectos que regressam na Primavera seguinte não são os que partiram no Outono, mas sim uma nova geração.
STEVE JOBS. Apagou-se a magia. Sem ele, a corrente já não vai ser a mesma. Muito do seu tempo que passou longe da família foi passado a melhorar as nossas vidas, de pormenor em pormenor, com um perfeccionismo escusado. Obrigado.


23 comentários:

Graça Pereira disse...

Adoro o pôr do sol...e este, é tão semelhante ao "meu" africano...Delirei!
As pequenas libelinhas, tão bem fotografadas a lembrar que o calor ainda não foi embora...e as ovelhas imagem bucólica que a mim, não sei porquê, me transmitem uma sesação de paz!
Obrigada por tanta BELEZA!
Bjs e bom fds.
Graça

mfc disse...

As tuas fotos são uma maravilha!
Não podias postar mais vezes?!

Armindo Tavares disse...

Olá,
Parabéns pelas magnificas fotos perdemo-nos um pouco no tempo a mirá-las.
Saudações ornitófilas.
Armindo Tavares.

dora manataki disse...

your foto is very beautiful!!!

Fatima disse...

Que lindeza de imagens Manuel!
Quem me dera ter a sua sensibilidade!
E te respondendo:
A menina dança e canta tb!!! :)
Bjs querido.

Lucia Luz disse...

Manuel Luís,

Que por do sol é esse?
Que coisa mais lindaaaaaaaaaa!!!
E as libélulas? Show!!! Perfeito seu post. Parabéns.

luadecristal disse...

fotos maravilhosas onde a beleza da natureza está esplanada
bjs

Julie G. disse...

Oh my goodness, this series of photographs is so very lovely! Breathtaking stunning fiery red sunsets. You captured them beautifully! Gorgeous lighting on the dragonfly images. A most magnificent post!

Fernando Santos (Chana) disse...

Excelente trabalho....
Um abraço

Vanuza Pantaleão disse...

Saudade de ti, amigo!
Sempre apreciei esse seu "olhar" através das lentes e, agora, deslumbro-me e "bebo" cada gotícula dessas cores e descrições tão detalhadas que nos ofertas.
Muito grata pelo seu retorno aos nossos espaços, mas lhe peço: retorne sempre! A casa é sua!
Parabéns pelo magnífico trabalho!Beijos!

Suzane Weck disse...

Um encanto suas fotos.Realmente um colirio para nossos olhos.Grande abraço.

maia disse...

Waow, que fotos mas buenas! El incendio del cielo es espectacular.
Un abrazo
Maia

Baby disse...

Meu Deus, foi um lavar da alma contemplar estas imagens de uma beleza indescritível, o pôr do sol é para mim o que de mais belo a natureza nos oferece! Mas saber aprisionar essa beleza com tanta arte e sensibilidade não é para qualquer mortal.
As libelinhas na sua bela fragilidade são tocantes, um rebanho de ovelhas que nos transmite uma sensação de paz, as folhas de cores quentes que nos dizem que o Outono chegou, tudo muito especial, muito reconfortante.Obrigada!
Um abraço.
(fico à espera do sorriso...)

La abuela frescotona disse...

con el cambio climático los cielos tienen colores que parecieran anunciar su furia por el maltrato, tus fotos bellisimas, saludos amigo

Vanuza Pantaleão disse...

Essas libélulas, até parece que estão esvoaçando aqui, no meu teclado.
Um delicioso final de semana, Manuel!Beijos!

tulipa disse...

Cá estou...
mais uma vez
fico deliciada com as tuas fotos;
tal como diz o mfc,
não podias fazer posts mais amiúde?
...
é um tesouro para os nossos olhos
apreciar tão belas imagens!

Uma pergunta:
sabes hipnotizar as libelinhas?
...
eu não consigo apanhar uma que seja! Como fazes essa magia?

pelas imagens com que nos presenteias,
fica o prazer de deliciar-nos
e ter vontade de cá voltar,
hoje, amanhã e sempre!

Obrigado pela visita e comentário.
Vai aparecendo sempre.
Beijo.

tulipa disse...

Cá estou...
mais uma vez
fico deliciada com as tuas fotos;
tal como diz o mfc,
não podias fazer posts mais amiúde?
...
é um tesouro para os nossos olhos
apreciar tão belas imagens!

Uma pergunta:
sabes hipnotizar as libelinhas?
...
eu não consigo apanhar uma que seja! Como fazes essa magia?

pelas imagens com que nos presenteias,
fica o prazer de deliciar-nos
e ter vontade de cá voltar,
hoje, amanhã e sempre!

Obrigado pela visita e comentário.
Vai aparecendo sempre.
Beijo.

maia disse...

he mirado otra vez tus fotos. Que maravilla el mundo, del inmenso al infinitamente pequeño.
Una leccion de filosofia.
Gracias por tus visitas y tus comentarios amistosos en mi blog.
Que tengas un buen dia
Un abrazo muy fuerte

Baby disse...

Afinal acabei por encontrar os lindos versos de Florbela Espanca...mas também, quem ia imaginar que tinhas recuado quase 6 anos no tempo...obrigada pelas palavras e pelo sorriso, faz sempre bem receber um sorriso.
Retribuo...

Audrey Andrade disse...

Belas imagens! AMO fotografia, embora seja péssima fotógrafa!

Muito bem retratado o outono!
Meu carinho! Sigo-te!
http://pequenocaminho.blogspot.com

tulipa disse...

Todos sabemos que por aqui encontraremos SEMPRE
belas FOTOS...
Obrigado pela partilha.

Ontem, ao fim do dia, o céu estava assim...vermelhão!!!Lindo.
Também fiz algumas fotos.

Este fim de semana andei muito perto da Serra d'Aire, com vontade de aventura!

Convido a ver a
LEGIÃO ESTRANGEIRA,
sabe um dos lugares onde existem?
...
Os legionários recebem seus vencimentos quase que totalmente livres de despesas.
As refeições feitas no quartel são gratuitas de segunda a sexta-feira, e nos finais de semana pagas à parte (cerca de 4 euros).
Aos salários iniciais, em torno de mil euros para quem serve no continente e de 1,5 mil para os alojados na ilha da C-----a, juntam-se os prémios e bonificações pagos, quando os soldados partem em missões fora do território francês. Conforme o caso, os soldos podem até triplicar.
A rotina na ilha, se resume a fazer faxina, cuidar das fardas, lustrar botas, praticar exercícios físicos e estar sempre "ligado", pronto para ser chamado a qualquer hora do dia ou da noite.
Nos finais de semana, impecavelmente uniformizados, os legionários são liberados para ir à cidade, apesar de que nem tudo o que diz respeito à vida mundana é permitido.
Nada de discoteca, de baladas com mulheres ou bares mal afamados. "Somos controlados. Temos que ter um comportamento exemplar", acrescentou.

David del Bass disse...

Muito legales esas fotos, adore! optimo blog, um abraço!

David C. disse...

Bonitas fotos. Éxitos en el Concurso 20blogs.

Te invito a que visites mi blog en la sección de cine
http://cineparausarelcerebro.blogspot.com/