Seguidores

22.8.12

Pesadelo do regresso

       Pesadelo do regresso
Cerca de 120 trabalhadores da Finex Tech, uma têxtil da Maia, regressaram de férias e descobriram que já não tinham emprego. Esse é um pesadelo que se repetirá em muitas mais firmas até final de verão. No caso das fabricas de capital estrangeiro que vieram para Portugal em busca de trabalhobarato e aproveitaram os generosos fundos comunitarios, como é o caso dos Finlandeses da Finex, a debandada é para países onde a mão de obra é ainda mais barata, como a China e o Vietname. Portugal já tem uma legislação laboral flexivel, o novo codigo embaratece os custos, mas é impossivel descer aos centimos pagos no Extremo Oriente. O comercio global sem regras de proteção social e ambiental é uma seria ameaça ao nosso padrão de vida.
     Capitalismo desgovernado

20 comentários:

mfc disse...

Vamos assistir, infelizmente, a muitas cenas destas!

um abraço.

Luna disse...

não sei onde isto vai parar, deixou de haver respeito pelo ser humano
beijinhos

Canto da Boca disse...

Uma triste verdade, Manuel Luis.

vieira calado disse...

O capitalismo "governa-se..."
Quem se lixa são os trabalhadores...

Um abraço

Graça Pereira disse...

As tuas fotos fazem pensar e...não antevejo um futuro melhor para o nosso país a curto prazo.
Beijo
Graça

Sensibilidade a navegar com poesias disse...

Parabéns pelo Blog...gostei...

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa noite amigo!!!!
Surpresa com sua visita,venho visitar-te e dizer que as fotos estão criativas demais...
bjsssssssssssssssssssssss

vieira calado disse...

Já alguma vez pensou fotografar, por exemplo, Neptuno?
Um abraço.

☆•.¸.Mildred.¸.•☆ disse...

Lindas tomas! Gosto muito da segunda com suas cores lindas! O malva e o verde sendo minhas cores preferidas não podia calhar melhor;o)
A propósito do que está acontecendo aos paises europeios, acho que é uma tristeza viver em tempos assim!
A Europa está a ser comida pelo continente asiático por causa da politica inconsciente dos nossos dirigentes!
Hoje é quase impossivel de se encontrar produtos manufacturados nos nossos países, e isso mesmo quando estamos prestes a pagar um pouco mais para comprar produtos mais duráveis e não a m.... que somos obrigados de comprar e que se estraga ou se parte ao fim de duas ou três utilizações!!!

Obrigada pela visita e palavras tão simpáticas em "Retales Visuales";o)

***
Um abraço da França****

Maré Viva disse...

E estas situações vão atingindo tudo e todos, como uma doença mortal e insidiosa.
Valerá a pena ter fé?

Beijos.

Manuel Luis disse...

Enorme acerto dos comentários, e enorme vazio que se abre no país e na Europa...Cansa este nivelar por baixo e esta política (com evidente agenda ideológica escondida..) de pressionar sempre o elo mais fraco.
A questão é e será sempre um problema para nós ocidentais enquanto existirem bolsas de pobreza e necessidade para explorar por quem não tem escrúpulos.
Estes produtos obtidos desta forma sem regras ou respeito, deveriam ser bem taxados à entrada no espaço europeu, mas a questão é que os grandes grupos, com o apetite aguçado nos mercados emergentes, não querem entraves. Como ainda não são eles que pagam a factura...Pois a situação eterniza-se.
Até ao dia, como nos mostra a história.

SELIA disse...

Olá, boa noite!

Amo fotografia.
As suas estão lindas, parabéns.
Felicidades.

SOL da Esteva disse...

Um belíssimo enquadramento para uma triste (e esperada) notícia.
Há mais factos como este... infelizmente.

Abraços


SOL

Fernando Santos (Chana) disse...

Excelente post....
Cumprimentos

Mariazita disse...

Peço desculpa pelo atraso com que agradeço a tua visita à minha "Colecção de Selos", mas estive fora 10 dias (regressei no Domingo, tarde da noite) e tudo se atrasou...
Os meus filhos "levaram-me" para fora e eu fui...
Não vou dizer que não me soube bem desanuviar um pouco, mas, no regresso, a realidade continua igual a como a deixei. De qualquer modo sinto que me fez bem, a ponto de já começar a pensar em publicar um post um dia destes, talvez daqui por duas ou três semanas. Vamos ver se a "mente" se predispõe...

Sobre este teu post, pois o que poderei dizer que não tenha já sido dito?
Todos os comentadores que me antecedem reconhecem que estamos vivendo uma fase muito complicada, que os governantes estão longe de corresponder às expectativas que, porventura, possam ter originado, e até, que este estado de coisas não poderá durar eternamente. Qualquer dia a "bolha" rebenta...

Muito obrigada pela flor que me ofereceste (pude até sentir-lhe o perfume), assim como pelo "ombro".
São coisas assim que nos vão ajudando a pensar que a vida continua.

Feliz semana. Um beijo GRANDE.

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Para contrabalançar(ou para aliviar um pouco), as péssimas notícias foram cercadas de belas batidas fotográficas.Só um artista, pode nos conceder esse alento... Obrigada,Manuel Luis, um abraço.

La Gata Coqueta disse...



Manuel Luis;
cada mañana
La vida florece…
Y extiende sus brazos
Hacia el cielo
Abrazando
El hermoso concepto
De la existencia...

¡¡Feliz semana te deseo en un brote de silencio!!
Atentamente
María Del Carmen


De Brasil a Hispania disse...

Una triste noticia, lamentablemente a partir de ahora esto se convertirá en algo habitual. Gracias por tus visitas y comentarios en mi blog. saludos.

Mariazita disse...

Passando apenas para te desejar um fim de semana em beleza, com óptimas batidas fotográficas.
Eu vou tentar escrever alguma coisa.
Veremos se consigo.

Beijos com carinho

Fê-blue bird disse...

Parabéns pelas fotos, cheias de simbolismo e alma.

beijinhos