28.1.17

Nunca vi neve

Apeteceu-me pintar a paisagem imensa, linda, com planície até ao mar. Uma paisagem serena. Nevada magica no meu imaginário, claro!
Não tenho esperanças que vai nevar. Devido à latitude e aos ventos marítimos, temos um clima deliciosamente temperado.

Queria ver neve. Neste momento, como se o céu correspondesse ao meu desejo! Do céu azul caíam num jeito de voo, muitas pétalas brancas, leves como uma pena, oscilando, dançando sem pressa, até caírem pareciam flocos de neve.
Uma amendoeira em flor é sempre uma surpresa extraordinária numa paisagem ainda fria. Tenho sempre a impressão de que se trata de neve.
Presas aos galhos estavam flores responsáveis pela queda de neve. Senti-me o vento norte que trás a neve.
Batem leve levemente 
Como quem chama por mim
Será neve? Será vento?
Neve não é certamente
Acho que a neve não bate assim...
Acho que a neve tem um charme e beleza que nas outras estações do ano não se consegue alcançar!
Sinto um arrepio. Não decorre do frio, mas sim daquilo que não sei; do que tenho medo de descobri.
Clique no link e ficará a conhecer a lenda que nos conta como apareceram as amendoeiras na região sul.
http://www.junior.te.pt/servlets/Jardim?P=Historias&ID=20(versão tipo vídeo com interactividade).
Já viu nevar alguma vez?
                      
            ✾✾✾✾   Um sorriso para ti


22 comentários:

AMBAR disse...

Pues si nunca viste nieve, pierdes algo hermoso.
Como hermosas son tus fotos que anuncian la primavera.
Un buen fin de semana y un abrazo, estoy de descaso, hasta mi regrso.
Ambar

Elda disse...

Ah claro, es que tendrías que subir al norte para ver la nieve, un espectáculo precioso, como preciosas son las fotografías que aquí dejas de estas bellas flores de almendro.
Un abrazo y buen domingo.

Artes e escritas disse...

Em 1.978, caiu uma leve nevasca de madrugada na cidade de Curitiba, onde moro. Acordei, fui à janela e disse que estava nevando para toda a família e peguei mais cobertores e não quis ver mais nada, essa foi uma boa risada durante o café da manhã. Um abraço, Yayá.

Sheyla - DMulheres disse...

Manuel
Que lindas imagens e que belas palavras !! Suas fotos me encantam muito.

Beijos e bom final de semana!
DMULHERES@_sheylaxavierFanpage

Os olhares da Gracinha! disse...

Primo...como sempre a sensibilidade em cada olhar e palavra...fazem desta página uma paragem obrigatória!
Adorei...bj

Ilesin disse...

Quizás no hayas tenido la oportunidad de ver nieve, pero si de ver la maravilla de la madre naturaleza en su máximo esplendor.
Besos

Marta Vinhais disse...

A neve está aqui nas pétalas... perfeitas....
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

© Piedade Araújo Sol disse...

A neve existe claro,e é bonita mas, estas fotos com a sua simplicidade, tornam a sua beleza ainda maior, e lembra a lenda da princesa .
e a originalidade das coisas simples ainda é a mais original, pois por vezes o ser original(na fotografia) apenas roça a superficialidade e leva a beleza, é assim que eu penso.
belas fotos!
bom domingo
beijinho
:)

Odete Ferreira disse...

Já que inseriste (e muito bem) um excerto da Balada da Neve de Augusto Gil na tua partilha, inicio o meu comentário com este verso da mesma "E que saudades, Deus meu!" para expressar quão gratificante é poder voltar aqui e encontrar esta deliciosa postagem; belas fotos, acompanhadas de "legendas" que dão a conhecer a sensibilidade de quem assim fotografa.
Embora na minha cidade caia raramente, não é preciso percorrer muitos quilómetros para ver neve. E sim, é lindo! Para muita gente não é assim tão agradável pois, muitas vezes, algumas povoações ficam isoladas.
Bjinho, Manuel :)
(Na anterior postagem vim agradecer a tua presença no meu espaço, hoje reitero.)

Graça Pires disse...

Maravilhosas as fotografias das amendoeiras em flor!
Ver a neve cair e ouvir o silêncio com que a Natureza a recebe é um espanto...
Uma boa semana.
Beijos.

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Uma surpresa agradável, são efetivamente estas imagens sublimes!
Já vi nevar muitas vezes, ainda no fim de semana, me desloquei mais a norte, em Montalegre e por lá perto havia neve... Embora fria, transforma a paisagem maravilhosamente!
Abraço

Tais Luso disse...

Temos cidades bem frias nesse Brasil tropical, mais ao sul, perto à Argentina. Porém onde neve, não nos apetece muito, pois o frio é intenso. Adoro a primavera, nada de extremos. Mas com neve ou não, suas belas flores estão incríveis, seguidas de um texto bem elaborado e bonito!

Bjs, amigo!

Ana Freire disse...

Cada imagem, mais incrível do que a outra!...
Trabalho extraordinário, Manuel! Parabéns!!! As fotos estão lindas!
Sem dúvida que prefiro esta neve... mais acolhedora, especial e bonita... do que a neve propriamente dita...
Beijinho
Ana

A Casa Madeira disse...

Por aqui no RS tem algumas cidades que nevam...
Não é sempre mas acontece. Mas também não é aquela neve de 1m,
que a gente fica enterrado no chão k.
Mas vou te dizer uma coisa: o inverno é horrível! de frio por essas bandas.
Mas essa sua neve junto com esse pequeno poema está
tão lindo quanto.
Que árvore linda; escolhes-tes bem para o cabeçalho do teu blog.
"A vida vale por aquilo que anima". k
Obrigada pelos dois buquês.
Abraços
janicce.

Maria Rodrigues disse...

Só vi nevar uma vez em que fomos passar um fim de semana à Serra da Estrela, já lá vão muitos anos.
Maravilhosas fotografias.
Um abraço
Maria

magda disse...

Manuel,
Σ΄ευχαριστώ πολύ για την επίσκεψη σου και τα ευγενικά σου λόγια!
Όμορφες οι φωτογραφίες σου και εξαιρετικό το κείμενο που τις συνοδεύει!
Στην πατρίδα μου, είχαμε πάρα πολύ χιόνι, κάτι που είχε χρόνια να συμβεί.
Ήμουν ενθουσιασμένη! Ήμασταν μία εβδομάδα αποκλεισμένοι.
Ζύμωνα ψωμί, ανάβαμε το τζάκι, ήταν υπέροχα!
Ευχόμουν να ήταν χιονισμένα τα Χριστούγεννα που είχαμε τα παιδιά, αλλά τότε είχε ήλιο :)
Τα χιόνια ήρθαν τον Ιανουάριο.
Πολλούς χαιρετισμούς από την Ελλάδα!

Liplatus disse...

Here is snowy and cold.
A wonderful look at the beautiful flower kvuia!
Greeting

Majo Dutra disse...

As amendoeiras são lindas e simbólicas e tenho pena de serem
uma espécie em vias de extinção na minha zona...
Gostei muito desta série fotográfica e das legendas deliciosamente
poéticas.
Retribuo o sorriso.
Ótimo Fevereiro...
Dias felizes.
~~~~~

Ps - É realmente capaz de perceber a mensagem da Magda?
É uma língua ou um código?

Kasioles disse...

Eu tambén poderia dizer a olhar tan belas flores que venho a matar saudades.
Hará un año, más o menos, un día, al despertarme y encender al poco rato el ordenador, me había encontrado con un correo cargado con bellísimas flores de almendros, de esos que anticipan su floración al estar en un país con unas condiciones climáticas muy favorables.
Esta entrada tuya me ha recordado a las flores de almendro que todavía conservo.
Y tienes razón, cuando los pétalos de las flores se caen, el suelo se siembra de puntos blancos que mismo parecen copos de nieve.
Ha sido un placer entrar a leerte.
Cariños.
kasioles

manuela barroso disse...

Sim . Gerês , neve . Beleza pintada de branco no alto dos penhascos da serra .
Mas as flores , e sua suavidade balouçando com a brisa ... Não sei qual beleza maior ! Mas belas são as fotografais ! Obrigada Manuel
Beijinho

Hanna disse...

Bellisimas flores, en tu trabajo se ven tan reales y hermosas !!! un beso

Ana Simões disse...

É uma pena Luís, nunca teres visto neve.. afinal basta um saltinho à serra da Estrela e consegues ver a beleza que, mesmo quem já a viu tanta e tanta vez , não consegue definir por palavras.
Eu já vi neve, já vi nevar, pouco e muito... Já senti as mãos gelar por me recusar a colocar as luvas a fim de sentir a sua textura... A neve é lindaaa linda é pouco...
As flores estão lindas e gostei da analogia, algumas pétalas possuem a brancura da neve.