16.3.17

"Eu estou aqui". Selfie auto retrato.

Para onde eu olho, está alguém com a câmara apontada para si próprio. Vira a câmara e aposta no enquadramento.
 Lá por 2010, veio à câmara frontal e cada vez mais redes sociais. Ficou mais fácil tirar a foto e mais fácil ainda distribuir. E aí veio o bom; praticamente o mundo todo estava a tirar selfies.

Então, o que afinal é um selfie? Segundo a Oxford, selfie é uma foto que alguém tira de si mesmo, geralmente com um telemóvel ou webcam, e publica numa rede social. Assim, se você tira e não compartilha, não é selfie. Se você não tira você mesmo também não é selfie.

Selfie é feito para ser compartilhado. “É uma coisa que você quer mostrar para os outros e não guardar para si”.
Fica-se com a percepção de que os momentos não se vivem se não forem fotografados e partilhados nas redes sociais.
Valorizo a arte de construir uma imagem de si. Este momento da humanidade está marcado por fotos de rostos.
Como demonstram estas selfies, fazer uma selfie nada tem a ver com idades, nem lugares… Significa sim fazer auto fotos, em boa companhia, nos mais diferentes lugares.
Como é que se tiravam fotos antes de haver telemóveis?
Se conseguirem ir mais atrás ao tempo, poderão chegar à pintura e aos autor retratos dos artistas – que não era outra coisa senão uma selfie, mas em aguarela.

28 comentários:

Sheyla - DMulheres disse...

Manuel
Amo tirar fotos e faço poucas selfies ahahah Mas, é muito mágico isso de você está em algum momento bonito ao lado de pessoas especias e poder compartilhar com todos. Mas, sem exageros nem ficar escravo de expor sua vida.

Beijos,
DMulheresInstagramFanpage

Odete Ferreira disse...

Muito interessante esta "dissertação" sobre as selfies. Confesso que não gosto muito de ver pessoas com um "cabo" estendido para tirar fotos. Mas entendo. Como em tudo, nem oito nem oitenta, no que respeita à partilha. Gosto de registar momentos mas partilho muito pouco. Há que cuidar da nossa vida privada.
Bjinho, Manuel :)

Marta Moura disse...

Tanta alegria! :)

Maré Viva disse...

Pois a selfie foi uma moda que veio para ficar, e é lindo ver rostos jovens e sorridentes guardando momentos especiais para mais tarde recordar. Também não comungo de uma exposição excessiva, mas cada um é dono de si mesmo e tem o direito de usar a SUA imagem como muito bem entender!
Um abraço.

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Maravilhosas imagens! gostei da partilha, muito interessante!
Abraço

Tais Luso disse...

rsss, terrível! O excesso é triste. E esse cabo é algo desolador. Estamos na época, no século das selfies, até dentro do quarto o negócio se alastrou. E aquele biquinho, esperando o clic?? Ainda não entendi o biquinho!
Ótima postagem, não deixou de ser divertida...
bjs!

Maria Rodrigues disse...

Excelente reportagem fotográfica de selfies.
Pessoalmente nunca tiro, pois adoro tirar sim fotos aquilo que me rodeia.
Bom fim de semana
Uma braço
Maria

Alcina Moreira disse...

Excelente trabalho ! Coisas tão simples , tão rotineiras , mas que se eternizam num olhar mágico ... Parabéns, Manuel !
Bom fim de semana!
Beijinho

Helena disse...

Manuel Luis, meu querido amigo, fiquei muito feliz com a tua visita e com a doçura das tuas palavras. Tu és mesmo um amigo muito especial.
A tua postagem ficou excelente. Focaste numa situação atual, muito presente na vida de muitos, e a nova utilização que deram para uma câmera fotográfica (ou um celular) veio agregar mais um ponto de diversão para quem cultiva o hábito de registrar todos os aspectos de sua vida.
Confesso, meu querido, que não me adaptei a esta modernidade. Aliás, não gosto de ser fotografada, a não ser junto da turma toda, colegas, familiares, nas casas de assistência, etc..
Fora isto, quando posso fujo de uma câmera, rs. Mas aprecio quem tem facilidade em se deixar fotografar, e aprecio uma boa foto onde as pessoas são flagradas num momento muito importante (ou não) de suas vidas, querendo deixar registrado nos acontecimentos as emoções sentidas.
Em contrapartida, adoro tirar fotos! Incoerente, não? Meu celular está sempre pronto a clicar alguma cena que me chama a atenção. Mas tenho um “defeito”, se é que se pode assim chamar o hábito de mandar revelar as fotos e colocá-las num álbum, rs. Não gosto de exposição em redes sociais, nada contra quem o faz, mas neste aspecto ainda sou meio antiga, não gosto de divulgação excessiva. Mais gosto de manusear um álbum e ver ali registrado momentos vividos em família, ver meus pequerruchos e meus adorados velhinhos, sorrindo para a câmera, e depois ansiosos para se verem nas fotos. Por isso ainda uso o antigo método de revelação, rs. Costumo também espalhar as fotos em porta-retratos ou mandar emoldurar alguma que mereça destaque, em geral para colocar nas casas de assistência. São sempre um presente ao nosso olhar!
Mas tu, meu querido, como sempre soubeste clicar momentos de grande importância para as pessoas focalizadas no teu atento olhar.
Ficou uma postagem muito interessante, atual dentro do tema, pois como bem disseste: “Este momento da humanidade está marcado por fotos de rostos”.
E muito bem lembrado por ti o fato de que antigamente o autorretrato de um artista “não era outra coisa senão uma selfie, mas em aguarela”.
Parabéns por mais esta magnífica postagem.
Que o teu restinho de domingo venha enfeitado de estrelas, e que na tua semana as horas se encham de sorrisos como promessas de dias inundados de alegria, de paz, e de muita luz.
É o que te desejo, meu amigo, aconchegado num beijo carinhoso,
Helena

Graça Pires disse...

Parece que se divertiram muito a tirar selfies... Excelente.
Uma boa semana.
Beijos.

Fernando Santos (Chana) disse...

Belas imagens...Espectacular !
Um abraço

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Bem apanhados e belas fotografias.
Muito obrigado pela visita ao meu blogue.
Um abraço e boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
Livros-Autografados

Ana Simões disse...

Interessante abordagem do auto-retrato , as chamadas , Selfies que só à bem pouco tempo tentei a proeza e ainda não encontrei o ângulo correcto.
Pois é temos , uns mais do que outros, a vontade de deixar o nosso testemunho, a nossa experiência aqui neste lugar habitado por todos, e tal dizes e bem assim sempre foi, só as "armas" mudaram.
Excelente post
Obrigada pela visita. !!!
Beijos e boa Primavera

LopesCa Blog disse...

Amo fotos e acho interessante o conceito das Selfies mas ainda não sou boa nas mesmas :)
Tudo muda ;)

Blog LopesCa | Facebook


Fernanda Maria disse...

Cheira tão bem aqui, Primavera ! :D

Quem já não tirou fotos a si própria mesmo antes dos telemóveis ? :)

Mas estou aqui a apreciar as sua fotos e como sempre gostei muito !

Um beijinho

O Toque do coração

Existe Sempre Um Lugar disse...

Bom dia, excelente momento fotografico relativas ás selfies, ainda bem que com facilidade se pode guardar o momento e até enviar de imediato para as redes sociais, a tecnologia está sempre avançar, coisas mais modernas virão.
AG

Pedrasnuas disse...

As selfies são modas passageiras, há -de vir outro género de fazer fotos e destronar este... A velocidade com que tudo isto acontece é demasiado veloz, ainda não se digeriu uma, já vem outra... Tudo em nome do comércio. O que interessa é colocar no mercado modelos novos e atrair a atenção dos mais jovens e não só! Há quem não tenha dinheiro para o básico mas um telemóvel da última geração não pode faltar! Enfim...
Uma reportagem bem disposta e engraçada e com boas fotografias de selfies!
Bom resto de domingo, Manuel!

Os olhares da Gracinha! disse...

Olá primo!
Eu não sou dada a selfies ... por falta de braços que alcancem a desejada distância!
mas os teus olhares mostram que podem ser lindas e divertidas marcando momentos bem a gosto do freguês!!!
Bj a ti e família!!!

Kasioles disse...

Con ayuda de las modernas tecnologías podemos hacernos fotos sin necesidad de molestar a nadie.
No hace tanto tiempo, si una pareja quería hacerse una foto, los dos juntos, tenía que pedirle el favor a otra persona que pasase por allí cerca, para recordar ese momento.
El invento me parece divertido y práctico.
Me alegro de que vayas a descansar unos días al lado de tu madre y hermano, ojalá tengas buen tiempo y no llueva, seguro que a la vuelta nos enseñas fotos preciosas de la primavera en Coimbra, yo guardo muy buenos recuerdos de cuando he estado allí.
Para la próxima vez que visite Portugal, preguntaré y probaré ese pastel que me has dicho.
Te deseo un buen viaje.
Cariños.
kasioles

Kasioles disse...

Estoy de acuerdo contigo, unas semillas de sésamo le vendrían muy bien a mi ensalada, cuando la vuelva a hacer se las echaré y me acordaré de tu sugerencia.
En cuanto a la poda de la glicinia, tendrá que ser para otro año, ya la tengo bien podada y, si sigue haciendo buena temperatura, pronto se abrirán sus racimos de flores, haré fotos y las subiré al blog.
De todas formas, te agradezco muchísimo el detalle que has tenido, sería una grata compañía.
Disfruta de tu viaje y no dejes de comer un plato rico de chanfana, yo lo he probado en una casa típica de comidas que hay cerca de Portugal dos Pequeninos, creo que se llamaba la cantina dos nobres, estaba riquísima pero, aunque he intentado buscar carne de cabra, no la he encontrado, yo quería cocinar aquél plato que tanto me había gustado y dárselo a probar a mis hijos.
Disfruta de tu viaje, creo que vas a tener suerte y el tiempo será de primavera.
Cariños.
kasioles

Kasioles disse...

Te mando el nombre correcto por si te apetece visitarlo: CANTINHO DOS NOBRES, HA SIDO EL ÚNICO SITIO DE COIMBRA DONDE HEMOS ENCONTRADO LA CHANFANA.
Cuando al año siguiente visité Estoril, Cascais, Sintra y Lisboa, en ningún restaurante tenían Chanfana en la carta.
Cariños.
kasioles

Pérola disse...

Uma linda reflexão sobre a evolução da imagem e da fotografia.

Que se seguirá?

Beijo

Existe Sempre Um Lugar disse...

Bom fim de semana,
AG

Ana Freire disse...

Selfies... a actual obsessão dos tempos modernos... quando as pessoas fazem disso, um ritual corrente no seu dia a dia, a toda a hora, nas mais variadas circunstancias... digo eu... que me faz muita confusão, quando nos meios de comunicação vejo selfies de cantores... actores... artistas... em contextos que deveriam ser privados... como quartos, WC's... e por aí fora... mostrando... o que devemos... e o que não deveríamos mostrar...
Um tema apaixonante... e certamente alvo de estudos académicos, num futuro não muito distante...
No Daily Mail (onde aprecio toneladas de selfies, de meio mundo, de qualquer ângulo) :-D ... no outro dia, uma jovem americana, mostrava uma selfie sua, fazendo pose e boquinha de truta, ao lado de sua avó, que falecia numa cama de hospital, inconsciente, ligada a uma série de tubos... levando as redes sociais à loucura... discutindo tal atitude...
Enfim... algo... que já nem Freud explica... pois não foi do tempo das selfies... :-D :-D
Uma belíssima sequência de imagens, por aqui, mostrando este tema, bem na ordem do dia, de uma forma bem saudável, e com uma excelente abordagem... e falando em selfies... por estes dias... também tenho uma espécie de selfie, lá no meu canto... :-D tirada um bocado inadvertidamente...
Beijinho! Bom fim de semana! E um óptimo mês de Abril!
Ana

Evanir disse...

Hoje um novo recomeço..
Graças a Deus hoje estou podendo
te agradecer pelo carinho respeito e amizade.
Agradeço por jamais ter deixado de fazer visita
a meu blog.
A amizade verdadeira nunca esquece ,
mesmo sem saber o motivo do meu afastamento.
Eu entendo q por vezes demora a aparecer.
Eu entendo q assim como eu todos tem problemas na vida.
Todos nessa vida encontra obstáculos.
Mas nem tudo é sofrimento .
Deus é misericórdiso..
Nos da alegria ao ver o nascer do Sol.
Nos da um espetáculo único quando ele desce
com sua magia no horizonte..
Enfim tudo isso é só para
dizer jamais te esqueci.
Obrigada querida ..muito obrigada..
Te abraço carinhosamente.
Deus cuida de você com as mãos dele
estendida tudo é possível.
Simplesmente Eu,
Evanir .
Uma semana abençoada.

Helena disse...

Manuel, meu querido, apenas para deixar-te um sorriso aconchegado numa estrela, para iluminar a tua semana de alegrias.
Meu carinho num beijo,
Leninha

manuela barroso disse...

Tudo tem o seu lugar. E as selfies...também. São momentos.
Gostei do roteiro e da reportagem. Obrigada, Manuel
Beijinho

© Piedade Araújo Sol disse...

Manuel
é uma moda que veio para ficar, acho eu.
antes chamávamos auto-retrato, agora são selfies.
muito original e bem elaborada esta postagem.
beijinhos
:)